Gisele's place

You'll find here a bit of everything that goes through my head. Most of it silly, crazy things. =D

Breathe (Colorado Mountain, #4) - Kristen Ashley Esperando por um herói...
Assim que terminei de ler Breathe, eu não consegui fazer a resenha dele. Desde que comecei a ler os livros dessa autora - que são todos ótimos - esse livro foi o que mais me marcou. E depois dele, não tem um dia sequer que eu não escute milhares de vezes a música que é trilha sonora da história de amor de Faye e Chase, Holding out For a Hero cantada lindamente pela Ella Mae Bowen.

A música fala de um herói. O herói que nós, meninas e mulheres, esperamos. Aquele menino/homem, que é "maior que a vida", que vai estar do nosso lado durante os nossos momentos bons e ruins; que vai nos proteger dos perigos; que vai nos amar mais que tudo.

Faye esperava por ele também. Na verdade ela o esperava desde os 15 anos de idade, esperava por Chase.

Faye é uma de nós, meninas! Bibliotecária, devoradora de livros, meio nerd, mas que também vive no mundo real. Ela é tímida e ama Chase desde sempre, e com o incentivo das amigas, ela toma coragem, e tasca um beijo no rapaz. Ele fica puto e dá um chega pra lá bunito nela.

Claro que ela fica arrasada e decide esquecer ele de uma vez. Mas o que ela não sabe é que Chase também tem uma queda por ela desde que a viu pela primeira vez.

Chase, ao contrario de Faye, é denso e cheio de demônios. Ele é um detetive e por causa de uma chantagem foi obrigado a casar com uma mulher que não amava pra poder proteger a mãe doente das armações do seu pai.

Ele viveu durante alguns anos um inferno com sua esposa. Ele não amava ela e fazia questão de ela soubesse isso. O pai dele é um canalha, que trai a mãe em orgias e não exitou em jogar o filho na fogueira para se livrar do fogo.

A esposa de Chase é assassinada brutalmente e mesmo não a amando, ela era dele. E ele se sente culpado pela sua morte.

Depois de despachar Faye, ele encontra ela no meio da noite, no local da morte da sua esposa (Faye estava chorando suas mágoas andando pela cidade ao som de Ella Mae.. haha), e por causa de um objetivo em comum - o de ajudar um menino de rua - eles começam a se relacionar. E Chase sendo um mocinho de Kristen Ashley, chega chegando e toma ela pra si.

Isso é só o começo. Por causa de seu relacionamento com Chase, Fay é marcada e começa a sofrer rico de vida e também tem a história do menino de rua que é de rasgar o coração. Tem o desenrolar do relacionamento de Chase com seu pais problemáticos. É interessante ver como Faye traz luz a vida escura do Chase. Mesmo sendo mais nova e inocente que ele, ela tem uma maturidade e força impressionante. Ela ajuda ele a desenterrar todas as emoções que ele enterrou a vida toda.

E é lindo ver ela se descobrindo com ele. Ela é virgem e inexperiente em relacionamentos e ele vai guiando ela nesse crescimento. É lindo ver como ele faz ela se sentir segura pra ser ela:

"Faye, darlin', I want you to hear this and get it, what you just gave me was the most beautiful thing I've ever been given in...my...life...With me, anytime, anywhere, you're safe. But of the anytime and anyplace you're with me, the place you're safest is right here, in my bed...You can react how you want. You can be who you are. If I'm doin' something you don't like, you can stop me. Nothin' will ever happen in this bed that you'll be uncomfortable with. I swear to you, baby. You're safe here and you always will be."

O final é emocionante e Faye vê o herói de carne e osso salvar a sua vida de maneira dramática.

“I'll let you in on a secret, honey. The knight who has serious chinks in his armor but never falls is the true hero. That means he's won battles and doesn't waste time polishing his armor so he can good while he rides in parades that are tributes to his glory. He just drags himself back on his steed and keeps right on battling.... The best heroes inspire loyalty. The best heroes keep fighting the good fight, tirelessly, quietly. The best heroes always have scars. If they didn't, the heroine would have nothing to do. It's her job to help the hero let all that stuff go in order that her man can be strong enough to fight on but when he's with her he's free to just 'breathe'.”

Até hoje eu lembro dessas palavras:

" ... He bent his head towards hers and whispered, "Breathe, Faye."

É romântico, dramático, engraçado e lindo, lindo, lindo.

PS: Leia o livro com a música pronta pra tocar. Deixa história ainda mais linda!