Gisele's place

You'll find here a bit of everything that goes through my head. Most of it silly, crazy things. =D

My False Heart - Liz Carlyle Libertinos também tem coração
Começei esse ano com o pé direito nas leituras! Só livros ótimos :D

My false heart, é de uma autora que nunca li nada na vida, peguei a dica do livro dela no mesmo lugar que peguei a indicação de To Have and to Hold, no blog da Rosario (http://rosario.blogspot.com/) blog em inglês, que só tem dicas porretas!

Mas voltando ao livro, aqui temos a história de Elliot, Marquês de Rannoch - escocês, lindo, rico e enooorme - que na sua juventude amou muito uma mulher, mas foi enganado por ela. Depois dessa decepção ele se entregou a dissolução. Um um libertino da pior espécie, que vivia pra beber, jogar, se prostituir e arruinar os seus inimigos. Assim, sem dó nem piedade, até porque nunca tiveram piedade dele.
Elliot tem uma filhinha, de uns 8 anos, Zoë, que é o amor da vida dele, mas ele como se fechou para os sentimentos a muito tempo, não sabe como demonstrar o seu amor para com as pessoas.
Resultado? Os criados, as pessoas em geral e a própria filha tem medo dele. E em um certo ponto de sua vida ele se cansa da vida que sem sentido que ele está vivendo, mas ainda sim, não sabe como mudar isso.

Essa situação meio que muda quando ele - tentado achar sua amante para terminar seu relacionamento com ela - acaba se perdendo no interior da Inglaterra no meio de um temporal. Elliot encontra a casa de Evangeline Stone, Evie, uma artista, com uma familia linda e acolhedora. Tudo o que Elliot semppre quis ter...

O povo da casa de Evie, confunde Elliot com um cliente que estavam esperando para Evie e ele acaba se sentido tão bem acolhido e se sentindo tão querido pela primeira vez na sua vida, que ele não tem forças para desfazer o engano.

Daí você já deve imaginar o que acontece.. Elliot se apaixona por Evie, e ela por ele. A convivência que ele tem com a familia dela, o afeta de muitas maneiras e ele começa a rever o seu relacionamento com as pessoas ao seu redor, como Zoë e os seus empregados - mudanças que rendem ótimas cenas!!!!

Mas ninguém acredita na mudança de Elliot. Principalmente quando a verdade vem a tona. É ai que temos uma das cenas mais tocantes que eu já li em livrinhos - no que diz respeito a um mocinho arrependido.

A fama dele é ruim demais, mas o amor eventualmente vence. Tem algumas coisas que não pegaram muito bem pra mim. Elliot é muito arrogante, e as vezes manipulador e por mais que Evie tenha também um gênio muito forte e seja bem decidida ela captula. Eles se casam e sempre eu fiquei com a sensação de que ela se abriu mais que ele. Um detalhe, em momento algum você duvida do amor de Elliot por Evie, até porque ele não para de falar isso, mas a relutância dele em revelar o seu passado à Evie, enquanto ele exigia nenhum segredo dela, me incomodou um pouco.

Mas nada que tire a beleza dessa história de amor e redenção. Evie é como um balsamo para o coração ferido de Elliot, o texto da autora faz você sentir isso - todo o desespero e necessidade que ele tinha de ser amado de verdade, é muito bonito. E mesmo que eu tenha esses pequenos pontos, eu recomendo demais. Tenho certeza que assim como eu, você também vai se apaixonar por esse escocês arrogante e cabeçudo!